"Há muitas pessoas de visão perfeita que nada vêem...
O ato de ver não é coisa natural. Precisa ser aprendido.
Quando a gente abre os olhos,
abrem-se as janelas do corpo,
e o mundo aparece refletido dentro da gente.

Aprendemos palavras para melhorar os olhos.
As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor".

(Rubem Alves)

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Ao Colibri de todos nós

                                                                                       Foto: Margareth Muniz



Meu segredo é meu perfume.
A ti, com ele me abri.
Como o sol é o nosso lume,
Sejas o meu colibri.

Meu perfume é meu segredo
Para que tu me descubras.
Portanto não tenhas medo,
Em minha luz há brandura.

Voa oh meu passarinho
Com esta mensagem do além,
Leva para o teu ninho
Meu néctar e a paz também.


19/08/11

Klaus Paranayba

Liberta

                                                                                       Foto: Margareth Muniz



Livre
Libélula
Liberdade

Ser livre
É ser leve
De verdade


22.08.2011
Klaus Paranayba

A flor e o inseto

                                                                                  Foto: Margareth Muniz



        Queria ter suas asas.
        Queria ter seu perfume.

        Queria viajar o céu.
        Queria ser admirado.

        Queria conhecer outras flores.
        Queria ser presente de amor.

        Queria poder escolher alimentos.
        Queria não ter que trabalhar.

        Queria viver muito mais.
        Queria ser belo um só dia.


19/08/11

Klaus Paranayba

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Rasante vôo

                                                               Foto: Margareth Muniz

Entre flores, rasante voo.
Quem são flores neste jardim?
Com o pulso do meu peito entoo
E eu canto feito clarim.

Flores rosas que imitam sinos,
Bebo em cálice tantas belezas.
Somos seres tão pequeninos
Tão sedentos de tanta pureza.

Neste porto chamado vida
Encantados por um sol maior,
O farol sinaliza a guarida,
Nem viver sabemos de cor.

Somos verde, flores e passarinhos,
Somos luz do universo e ar,
Reunidos abrimos caminhos
E essas asas feitas a voar.


15/08/11

Klaus Marcus Paranayba

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Jardins da alma

                                                                                      Foto: Margareth Muniz




Todo jardim começa com uma história de amor, 
antes que qualquer árvore seja plantada 
ou um lago construído 
é preciso que eles tenham nascido dentro da alma.
Quem não planta jardim por dentro,
não planta jardins por fora
e nem passeia por eles.


(Rubem Alves)

A vida é uma sonata

                                                                                       Foto: Margareth Muniz



Compreendi, então,
que a vida não é uma sonata que,
para realizar a sua beleza,
tem de ser tocada até o fim.
Dei-me conta, ao contrário,
de que a vida é um álbum de mini-sonatas.
Cada momento de beleza vivido e amado,
por efêmero que seja,
é uma experiência completa
que está destinada à eternidade.
Um único momento de beleza e amor
justifica a vida inteira.

(Rubem Alves)

Contraponto

                                                                                     Foto: Margareth Muniz


"Comunhão é quando a beleza do outro e a beleza da gente se juntam num contraponto."

(Rubem Alves)

Metamorfose

                                                                                Foto: Margareth Muniz



"A Alma é uma borboleta...
há um instante em que uma voz nos diz
que chegou o momento de uma grande metamorfose..."

(Rubem Alves)

Teus raios de silêncio

                                                                                        Foto: Margareth Muniz



Em teus raios de silêncio
Tua claridade se propaga;
É tua vida se entregando,
Fio a fio descendo a escada.

Vem tecendo no horizonte
Canais de transposição,
A luz  que vem da tua fronte
É fonte, esperança e reflexão.

Vem derramando de si
A base da evolução,
Desde quando eu nasci
Chama-me à sua União.

Teu correio é divino
Na mensagem celestial,
Conheces cada destino
E o coração que é leal.

Clareai toda minha vida,
Minha existência completa,
Mostrai-me sempre a subida
À tua vida que  é eterna.


Klaus Paranayba 
14/08/11

Alumbramento


                                                                                      Foto: Margareth Muniz



Quantas promessas me fiz
Naquele banco sozinho?
Nesta paisagem feliz
Sonhei ser passarinho.

Cantei amanhecer,
Sonhei renascimento,
Como posso esquecer
Aquele acontecimento?

A boca da mata molhada,
O piso era tão macio,
Cheguei por aquela estrada
Ouvindo um assobio.

Sentei-me e de olhos fechados
O canto entrou em mim,
Mil pássaros tão encantados
Cantarolavam sem fim.

Fiquei então alumbrado,
Integrei-me à natureza,
E agora fotografado
Encontro-me  nesta beleza.


15/08/11
Klaus Paranayba

Deus e as crianças


 Meus amores...        
Foto:Margareth Muniz


Deus é alegria. 
Uma criança é alegria. 
Deus e uma criança têm isso em comum: 
ambos sabem que o universo é uma caixa de brinquedos. 
Deus vê o mundo com os olhos de uma criança.
Está sempre à procura de companheiros para brincar.

(Rubem Alves)

sábado, 13 de agosto de 2011

Gotinhas

                                                                                       Foto: Margareth Muniz



gotinha de sereno matutino
brilho de uma estrela no céu
água alimentando a terra
e as abelhinhas produzindo o mel

flores surgindo devagarinho
o Sol aumentando o brilho das cores
o cinza que cobria do sertão as dores
faz nascer vida pra novos amores

gotinha de sereno pequeninha
percorrendo caminhos estreitos
amamentando com respeito
pra cada um lugar no peito


pingo de luz que vem do alto
perfumando as borboletas
que saem de seu casulo
em busa da alegria perfeita

gotinha de amor
sereninho de manhã
alimento pra essa terra
do fruto a artesã


(Lívia Nogueira)

Azul

                                                                                        Foto: Margareth Muniz


Eu não sei
Se vem de Deus
Do céu ficar azul
Ou virá
Dos olhos teus
Essa cor
Que azuleja o dia...



(Djavan)

Chovendo na roseira

                                                                                      Foto: Margareth Muniz


Olha está chovendo na roseira
Que só dá rosa mas não cheira
A frescura das gotas úmidas
 
...
Pétalas de rosa carregadas pelo vento
Um amor tão puro carregou meu pensamento
Olha um tico-tico mora ao lado
E passeando no molhado
Adivinhou a primavera

Olha que chuva boa prazenteira
Que vem molhar minha roseira
Chuva boa criadeira
Que molha a terra
Que enche o rio
Que limpa o céu
Que trás o azul


Olha o jasmineiro está florido
E o riachinho de água esperta
Se lança em vasto rio de águas calmas

...

(Tom Jobim)

Sabor colorido

                                                                                     Foto: Margareth Muniz

Mel...eu quero mel
Quero mel de toda flor 

Da rosa, rosa, rosa amarela encarnada
Branca como cravo, lírio e jasmim
Eu quero mel pra mim

Mel...você quer mel?
Quero mel de toda flor

Da margarida sempre viva, viva
Gira, gira, girassol
Se te dou mel pode pintar perigo
E logo aqui, no meu quintal
Cuidado, pode pintar formiga, viu?

Mel... eu quero mel
Quero mel de toda flor
Colorido sabor...do mel de toda flor
Antes que um passarinho aventureiro

Que beija um beijo, doce sabor
Sabor colorido

(Geraldo Azevedo)

Toda bela cor

                                                                                       Foto: Margareth Muniz


Para as borboletas amarelas
Eu entrego os meus quintais...

(Flávia Wenceslau)


Experiência mística

                                                                                     Foto: Margareth Muniz




"Experiência mística não é ver seres de um outro mundo.

É ver este mundo iluminado pela beleza.” 

Rubem Alves